CEST – Código Especificador da Substituição Tributária

Código Especificador da Substituição Tributária

O Código Especificador da Substituição Tributária, tem a finalidade de uniformizar e identificar as mercadorias e bens passiveis aos regimes de substituição tributaria de da antecipação do recolhimento do ICMS, relativo às operações subsequentes, conforme definido no Convênio ICMS 52, de 07 de Abril de 2017, neste mesmo convênio foi divulgado os anexos com as relações dos códigos.
Para maiores informações acesse:
https://www.confaz.fazenda.gov.br/legislacao/convenios/2017/CV052_17

Para o sistema a relação dos códigos de CEST  deve atualizada utilizado a ferramenta de atualização automática, desta forma  sempre que surgir novos códigos na relação é necessário fazer o processo de atualização. Caso o código desejado não seja apresentado por favor entre  em contato com nosso Suporte. (Recomentados a leitura do Post de Atualização das Tabelas, link disponível no final deste post)

Configurações:

Para realizar o vinculo do CEST com os itens da nota temos duas possibilidades:
a)  vincular no cadastro do produto
b) vincular a classificação fiscal

O sistema faz uma busca respeitando primeiro o produto e caso nao encontre passa a buscar da classificação. 

Vincular o CEST no cadastro do produto

Cadastros => Produtos => F2-Novo ou F3-Alterar => Aba: Informações Fiscais

Vincular o CEST no cadastro do Classificação fiscal 

Cadastros => Tabelas auxiliares => Estoque => Classificação fiscal => F2-Novo ou F3-Alterar => 

Vincular o CEST da Classificação Fiscal Automaticamente

Cadastros => Tabelas auxiliares => Estoque => Classificação fiscal => Opção do botão direito do mouse: Inicializar CEST nas Classificações fiscais 

Para simplificar o processo o sistema oferece uma ferramenta que permite fazer o vinculo do CEST na Classificação fiscal de forma automática, porem permite que o usuário escolha não atualizar alguma classificação desmarcando a coluna "Atualizar" .

Na tela na Aba: Classificações Fiscais Não Mapeadas é possível visualizar as classificações fiscais que não foram mapeadas de forma automática, uma das situações em que isto acontece é quando o NCM tem mais de um CEST como possibilidade de vinculo desta forma o usuário deverá fazer o mapeamento manualmente para os itens apresentados.

Uma vez ja configurado basta apenas clicar no botão F5 - Realizar o mapeamento.

Atenção!

Todas as alterações relativas à tributação devem ser avaliadas e liberadas pela equipe interna de tributação de sua empresa. Os manuais tratam a configuração de forma genérica. Explicam como e onde devem ser feitas as configurações de regras, parâmetros para que o cálculo se torne efetivo, porém, a efetivação em seu sistema deve ser feita por um usuário com as devidas permissões e após liberação de sua equipe de tributação.

Veja Também:
Tributação CLIQUE AQUI
Atualizações de Tabelas do Fiscal
CLIQUE AQUI
Informações do Cadastro de Produtos e Pessoas para Tributação CLIQUE AQUI
Cadastro de Classificação Fiscal (NCM) CLIQUE AQUI
Valor aproximado dos tributos CLIQUE AQUI
Configurações das Alíquota Estaduais para ICMS e ICMS ST CLIQUE AQUI
Natureza de Operação CLIQUE AQUI
Natureza de Operação Padrão CLIQUE AQUI
Informações Complementares CLIQUE AQUI
Regras de redução CLIQUE AQUI