ICMS Partilhado

A Partilha do ICMS passou a valer no início de 2016 e determinou que na venda para o consumidor final, que não seja contribuinte do ICMS, a alíquota que aparece em destaque na nota fiscal seja a interestadual. Já a diferença entre a alíquota interestadual e a alíquota interna do estado de destino seja dividida entre os estados de origem e os destinatários da mercadoria. A proporção dessa partilha vai mudar ano após ano:

  • 2016: 40% Destino 60% Origem;
  • 2017: 60% Destino 40% Origem;
  • 2018: 80% Destino 20% Origem;
  • A partir de 2019: 100% recolhido ao Estado de Destino.

Condições para o cálculo:

  • Pessoa da nota deverá ter a Inscrição Estadual como Não Contribuinte
  • Pessoa deverá ser de Fora do Estado
  • Tipo de operação da ação comercial "Não Contribuinte" ou "Consumo Final"
  • O item precisa ter valor de ICMS

Cálculo:

O ICMS Partilhado é calculado automaticamente e pode ser visualizado pelo cálculo da nota fiscal na ação comercial e na tela de pesquisa de notas, também é possível ter a informação pela Previsão da Nota e DANFE

Cálculo conforme exemplo:
Base de cálculo (Alíquota Interna do Estado Destinatário - Alíquota usada no cálculo do ICMS)

210 (17% - 12%)
210 * 5%
10,50

Após o valor será divido entre o Estado do Emitente e o Estado Destino de acordo com os percentuais estabelecido para o ano

60%= 6,30 e 40%=4,20

Explicação de como os campos do cálculo não preenchidos:

Base de cálculo UF.Dest: será apresentado a mesma base de cálculo usada no cálculo de ICMS Próprio que geralmente corresponde ao Valor do Produto.
Alíquota Interna Destino: será buscado a alíquota interna definida no cadastro do Estado do destinatário da nota (Cadastro => Tabelas auxiliares => Programas de uso geral => Estado).
% Participação Destinatário: será atribuído o percentual do Ano em questão, esses percentuais não é necessário cadastrar no sistema.
Valor Destinatário: será atribuído o valor do ICMS Partilhado correspondente de acordo com o percentual de participação do Estado Destino.
Valor Emitente: será atribuído o valor do ICMS Partilhado correspondente de acordo com o percentual de participação do Estado Emitente

Previsão da Nota

ATENÇÃO

Todas as alterações relativas à tributação devem ser avaliadas e liberadas pela equipe interna de tributação de sua empresa. Os manuais tratam a configuração de forma genérica. Explicam como e onde devem ser feitas as configurações de regras, parâmetros para que o cálculo se torne efetivo, porém, a efetivação em seu sistema deve ser feita por um usuário com as devidas permissões e após liberação de sua equipe de tributação.

Veja Também:
Tributação CLIQUE AQUI
ICMS CLIQUE AQUI

ICMS Padrão para empresas diferentes de Simples CLIQUE AQUI
ICMS Desonerado CLIQUE AQUI
Aproveitamento de ICMS Simples Nacional CLIQUE AQUI
ICMS Empresas Simples Nacional Sublimites CLIQUE AQUI